Simulação Hardware-In-the-Loop (HIL)

O teste em mundo real dos sistemas embarcados de controle encontrados em veículos pode ser complexo, dispendioso e perigoso. A simulação HIL permite aos engenheiros testar cuidadosamente e de modo eficaz os seus dispositivos embarcados em um ambiente virtual.

Visão geral da tecnologia NI

Hoje, os motores dos veículos são extremamente complexos, devido ao seus muitos subsistemas, uma vez que cada um deles possui um controlador para gerenciar a injeção de combustível, emissões, ruído do motor e muito mais. Essa complexidade torna o trabalho um desafio para os engenheiros, com pouco tempo para o desenvolvimento e pressionados para limitar os custos. Com a simulação HIL, você pode replicar partes específicas do sistema embarcado e testá-las em um ambiente virtual antes de fazer o diagnóstico em mundo real de todo o sistema. As soluções da NI são abertas e flexíveis e permitem aos engenheiros fazer customizações para atender suas necessidades específicas. Usando uma arquitetura modular, os engenheiros podem atualizar facilmente a plataforma, incluindo maior funcionalidade. Desse modo, eles podem preparar seus sistemas de teste para o futuro e atender aos requisitos mais exigentes das aplicações de teste de software embarcado. Os recursos de desempenho da NI a tornam a melhor opção para testar sistemas de controle inovadores.

Destaques

Categorical Image
Categorical Image
Categorical Image

Produtos e soluções

Higlight Image

NI Alliance Partner Network

A Alliance Partner Network reúne mais de 950 empresas especializadas em oferecer soluções completas. De produtos e sistemas a serviços de integração, consultoria e treinamento, os Alliance Partners têm especialização técnica e recursos exclusivos, que irão ajudá-lo a solucionar alguns dos maiores desafios da engenharia.

Kit de recursos para aplicações


Kit de recursos para Hardware-In-the-Loop

Esse kit de recursos inclui tutoriais técnicos para aplicações HIL. Saiba mais sobre as arquiteturas do sistema de teste HIL, como escolher interfaces de E/S para um sistema de teste HIL e como usar as unidades de inserção de falhas (FIUs) para o teste eletrônico.